Notícias

Discretamente, Globo apoia impeachment de Michel Temer para se livrar de dívida

Como você viu na reportagem anterior, a Rede Globo não cedeu as chantagens do atual Presidente da República Michel Temer, que por sua vez ordenou as cobranças de dívidas da emissora, provenientes de sonegações de impostos e também empréstimos feitos junto ao BNDES (Banco de Desenvolvimento). A dívida da emissora carioca ultrapassa de R$ 1 Bi, o que daria, por exemplo, para tirar o Rio de Janeiro (Cidade sede da emissora) da crise profunda em que se encontra.

Após aumentar as reportagens contra temer em seus telejornais, e focar na desconstrução de sua imagem, e receber a notícia que o Presidente venceu a votação na CCJ (Comissão de Constituição de Justiça), o canal anuncia que irá agora interromper toda a sua programação no próximo dia 2 de agosto, para exibir a votação com os 513 deputados.

O motivo de tudo isso é bem simples, não é ajudar o povo brasileiro, nunca foi, e sim, se livrar mais uma vez dessa dívida bilionária em que o PT fez vistas grossas por 15 anos, e o PMDB também quase iria fazer, mas diante de uma negativa da emissora, tratou de ordenar o pagamento dessas dívidas. 

Segundo informações do jornal “O Dia”, as conversas de Paulo Tonet, diretor de relações institucionais da Globo, e Rodrigo Maia, Presidente da Câmara, são cada vez mais frequentes, eles até almoçaram juntos no domingo passado. A ideia é tornar Maia Presidente até o fim do ano que vem, e com isso terem suas dívidas perdoadas mais uma vez. 

Comente abaixo:

Artigos relacionados

1 pensou em “Discretamente, Globo apoia impeachment de Michel Temer para se livrar de dívida”