Opinião

Conheça os 5 autores de novelas mais ‘pé frio’ da Televisão Brasileira

O nosso TOP 5 de hoje, irá trazer para vocês, um ranking com os autores de novelas mais ‘pé frio’ (azarados), da Televisão Brasileira. Antes de iniciar, gostaria de salientar, que alguns dos nomes que serão citados aqui nesta coluna, não possui apenas fracassos em seus currículos, mas que por uma má sorte do destino, não tem conseguido emplacar nenhum grande sucesso nos últimos tempos, confira: 

5º Lugar: Íris Abravanel (SBT)

Apesar de todos os pesares, e de está fazendo sucesso “reescrevendo” novelas infantis do México, a autora Íris Abravanel do SBT, nunca conseguiu emplacar um sucesso próprio no canal de seu marido. Em 2009, quando decidiu ingressar na carreira de novelista, ela escreveu o fiasco “Relevação”, que tirou o canal dos 16 pontos, registrados por “Pantanal”, para médias de até 3 pontos em São Paulo. Não satisfeita, ela ainda escreveu “Vende-se Um Véu de Noiva” e “Corações Feridos”, dois grandes fracassos também de sua carreira. Bom, justiça seja feita, “Corações Feridos” até deu uma subida em sua reta final, mas isso não apaga o fato de a novela ter passado um bom tempo perdendo para o “TV Fama” da RedeTV!.

4º Lugar: Rui Vilhena (Globo)

Quem também não teve sorte como autor de novela, foi Rui Vilhena, que após diversas novelas escritas em Portugual, veio tentar a carreira de novelista aqui no Brasil. Em 2011, foi colaborador de “Fina Estampa”, novela de sucesso, assinada por Aguinaldo Silva, por isso, a Rede Globo decidiu dar uma chance para o autor, que em 2014, escreveu “Boogie Oogie”, o folhetim que contava com um excelente elenco, não vingou e deixou a emissora traumatizada com os resultados, tanto que ele permanece na geladeira até os dias atuais.

3º Lugar: Carlos Lombardi (RecordTV)

O fato que não se pode negar é que, existe um Carlos Lombardi antes de “Kubanacan” (Globo) e após, visto que, desde então o autor não conseguiu emplacar mais nenhuma produção que tivesse tanto sucesso como a trama assinada por ele em 2003. Carlos Lombardi, é responsável por novelas como “Bang Bang” e “Pé na Jaca”, duas produções das sete que na época derrubaram bruscamente os índices do horário, por fim, seu último trabalho na Globo, foi a desapercebida “Guerra dos Sexos”. Na RecordTV, ele é responsável pela menor audiência de uma novela da emissora, desde a reativação de sua dramaturgia, a fracassada “Pecado Mortal”. Com cautela, a RecordTV tem ensaiado há 4 anos, a volta do autor às telinhas. 

2º Lugar: João Ximenes Braga (Globo)

João Ximenes Braga é um dos responsáveis por nada mais, nada menos, que “Babilônia” (Globo). Preciso dizer mais alguma coisa sobre o autor? Sim, ele também escreveu “Lado a Lado”, novela que chegou a registrar antipicos de 11 pontos na Rede Globo, por esses dois trabalhos, que o autor realizou, já da pra ver que ele não é muito querido pelo público não. Desde o fiasco de “Babilônia”, ele permanece na geladeira da Rede Globo. 

1º Lugar: Miguel Falabella (Globo)

Quem também não dá muita sorte escrevendo novelas, é Miguel Falabella, que nunca vingou de fato uma novela na Rede Globo, no seu curriculo, temos tramas que tiveram no máximo um resultado razoável, como: “Salsa e Merengue” (1996) e “A Lua Me Disse” (2005), desde então, foram só fracassos, entre eles: “Negócio da China” e “Aquele Beijo”, duas tramas que entraram na lista das menos vistas em seus tempos. O autor, sem escrever novelas há 5 anos, parece que abandonou a carreira. 

Comente abaixo:
Avalie este post

Artigos relacionados

2 pensamentos “Conheça os 5 autores de novelas mais ‘pé frio’ da Televisão Brasileira”

  1. As pessoas falam muito de Babilônia como fracasso. O problema é que resolveram fazer “boicota” com a trama, que no primeiro capítulo parecia ser um super novelão!. A culpa do fracasso é do povo preconceituoso.

  2. Autor de babilônia deveria fica em primeiro flopzao ele foi o culpado pelo flop razoável de ardj e alda